quarta-feira, 11 de setembro de 2013

13 Under 300!

Então galera, o sumiço do blog teve um motivo, andei viajando e achei que postaria por lá mesmo mas acabei não levando o cabo de passar as fotos e o meu computador não entra cartão de memória... Mas já cheguei tem um tempinho e as outras semanas não tenho nenhuma desculpa para dar! hehe
Muita coisa aconteceu duas coisas aconteceram nesse período em que estive ausente e causaram um certo alvoroço em algumas muitas pessoas! Alguns poucos gostaram e eu gostei!
Uma delas é que raspei a cabeça e fiz o corte undercut ou sidecut, são cortes em que o cabelo é raspado na lateral da cabeça e tem como esconder a careca (raspei em casa mesmo, no caso, meu namorado raspou). E a outra, eu mostro quando for postar algo e "essa coisa" apareça nas fotos! hehehe

O look de hoje foi tirado em frente ao Jardim Botânico de Bruxelas, o dia estava meio frio e por isso usei peças pesadas como jaqueta de couro, short étnico de veludo, meia marrom com coturno (fora o cabelo raspado que aumenta em 70% o punk da parada. Para quebrar de leve todos os tons e texturas de inverno, joguei um tricotzinho cor de barbante! 

Reparei muito o estilo "Grunge" pelas ruas das Europa. Estilo Grunge é como se fosse um rockzinho alternativo cheio de cores escuras, sapatos pesados, flanelas, veludos, couros, muscle tees, estampas de bandas, meias-calças... Muito a ver com inverno e frio não é?












Fotos por Luiz Corrêa

Referências: 
  • Jaqueta de Couro - Zara
  • Tricot - Renner
  • Short - Dzarm
  • Meião Marrom - Marisa
  • Coturno - Mr. Foot
  • Bolsa - Rip Curl
  • Brinco - Morana

é demais uma careca ou dá pra (me) encarar?

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Cut Out Boots!

Todo mundo viu e presenciou o grande reinado que as botas estão tendo nesses últimos tempos. Teve a Chelsea, os coturnos, as de saltinho, open boots, aquela que parece um coturno mas não tem cadarço (bem rocker) e mais uma porção de variedades. Para mim, botonas, botas e botinhas são meus calçados preferidos apesar da minha coleção ser bastante limitada.
Dai pensaram: "como posso inserir no closet desse povo que enjoa das tendências rápido e mesmo assim não perder a trend das botinhas?" e aí uma luz de ideia acendeu na cabeça dessa pessoa falando "bora cortar fora uns pedaço da bota" daí o nome Cut Out Boots, Botas recortadas! (Quem curtiu a didática e o português da minha história?) 
E como era de se esperar, eu simplesmente me apaixonei, achei muito linda e moderna! Vi muitas delas no período que passei em Bruxelas, e praticamente todas as vitrines tinham algum modelo, variando nos recortes. 
A Cut Out Boots original é Balenciaga e custa apenas um trocado de 1.275 obamas, #fácil ou #fail?

















Muito modernoso para pouca coragem? Ou as botas que fujam da nossa frente pois estamos com tesouras para alguns recortes?